Advogado Previdenciário em Conceição do Pará – Minas Gerais

Advogado Previdenciário em Conceição do Pará – Minas Gerais

O Direito Previdenciário é a última instância de proteção ao trabalhador e procura pela proteção social do INSS, essa instância é normalmente buscada em momentos de maior debilidade dos trabalhadores e por isso, gera dificuldades e dúvidas para os solicitantes.

Uma das maiores problemáticas nesse período, são as dúvidas ao contratar um advogado. A maior parte dos interessados não conseguem compreender incertezas como ou quando buscar o serviço, e se ele está sendo prestado com a melhor qualidade e rapidez cabíveis.

No texto a seguir, ajudaremos você a entender como funciona o trabalho dos advogados, e quando e se é necessário contratá-los.

O que faz o advogado previdenciário

A advocacia trabalha essencialmente com processos burocráticos, solicitações judiciais, protocolos administrativos, recursos, defesas, situações que envolvem assuntos complexos e muitas vezes vulneráveis e concessões importantes pra vida das pessoas.

Os advogados tem portanto auxiliar aos cidadãos de maneira rápida e eficiente. Entendendo que essa profissão precisa muito da ação de terceiros, como servidores, Poder Judiciário, Juízes, Promotores e outras instâncias da Justiça.

Em grande quantidade são os processos e as causas judiciais, portanto a atividade do advogado é complicada e depende de especialização e muito estudo, fora respeito a obrigatoriedades como ter cadastro em dias na Ordem dos Advogados do Brasil, além de respeito a questões éticas.

Quando e como contratar um advogado

A maioria dos processo obriga o protocolo de um advogado, as exceções se dão por parte de pedidos específicos como habeas corpus, ou processos de menor valor tratando somente de verbas trabalhistas ou processos de até 20 salários mínimos nos Juizados Especiais.

Portanto, a maior parte das pessoas com demandas Judiciais vão obrigatoriamente buscar um advogado e por isso, o melhor a se fazer é tentar procurar critérios objetivos para ter certeza da melhor escolha cabível, em relação a qual profissional vai atuar no processo.

É fundamental que o cliente considere características como confiança, diálogo franco e aberto, transparência e experiência prévia  do profissional. É possível também para as ações judiciais, auxiliar o caso diretamente na internet por meio dos sites do Judiciário.

Lembre-se de que, variando o serviço prestado, é possível evitar ou acabar adquirindo dores de cabeça futuras, então a atuação do advogado, o acompanhamento do processo e a experiência vão dizer qual vai ser a frente da sua própria situação de saúde.

Não existe Causa Ganha

O Judiciário é uma área de disputa, e o advogado, nessas disputas tem a responsabilidade pelos pedidos, mas não exclusivamente aos resultados. Ou seja, o responsável deve sempre se basear na melhor tática possível no processo, porém quem decide a sentença é o Juiz e não o advogado.

Perder um processo é sempre uma possibilidade, sem necessariamente tratar-se de uma falha ou desvio do advogado. Devido a isso, é importante ter um bom diálogo com o profissional e estar bem orientado sobre essas demandas e sobre a possibilidade de provimento da ação.

Desconfie de profissionais que digam que existe “causa ganha” somente para tentar convencê-lo a assinar o contrato, não existem “causas ganhas” até porque as causas não são decididas unilateralmente pelo advogado.

Os valores do processo

Existem vários valores e quantias a focar-se no processo, como despesas judiciais, honorários advocatícios, honorários de sucumbência, sentenças, valores retroativos (principalmente para os casos previdenciários) e etc.

É importante estar esclarecido de todos os detalhes das remunerações, antes de iniciar a ação judicial. A maior incógnita em relação a remuneração nas ações, trata dos valores que o reclamante vai receber e quanto terá de pagar ao advogado a título de honorários, ambos valores devem ser acordados previamente em contrato assinado.

Os pagamentos a título de honorários são também definidos pela tabela da Ordem dos Advogados do Brasil, que datam sobre os valores mínimos que podem ser cobrados para certas ações.

Desconfie de profissionais que se apoiam em valores fora da tabela. Pois como em outros serviços, um profissional que diz facilmente diminuir a remuneração do seu trabalho, fugindo das normas da sua profissão, não tem das melhores práticas.

O Contrato Advocatício

Toda a relação entre cliente e advogado, além de valores a serem pagos, diligências e outros acordos entre as partes são mantidas na forma do contrato. Qualquer dúvida posterior tanto para compromissos, quanto para valores de honorários e remunerações podem ser consultadas neste instrumento.

É direito do cliente receber cópia do contrato, com assinatura de das partes, além de testemunhas se necessário. Este documento será utilizado como garantia do que foi acordado e é direito do cliente ser esclarecido em detalhes do seu funcionamento.

Conclusão

Estudar, ler, conhecer e pesquisar são as maiores ações dos clientes e dos advogados nas demandas previdenciárias, portanto ler textos como esse sanar dúvidas e buscar sempre estar 100% atento a sua suas demandas, além de confiar e decidir o melhor profissional possível.

A responsabilidade com a demanda nesses casos não é só do advogado, mesmo o profissional sendo o imcubido pela representação frente a Justiça, dentro do processo o próprio cliente (chamado de parte) é igualmente importante, e seu trabalho em apresentar documentos, oferecer declarações em audiências e realizar as perícias também impacta diretamente no resultado.

No inicio e pós concessão um diálogo franco e transparente, e o cumprimento das responsabilidades, tanto por parte do advogado quanto por parte do cliente, são a melhor forma de evitar problemas e ter o melhor serviço possível!

Caso você queira assistir o vídeo do nosso canal explicando sobre aposentadoria clique na imagem abaixo:

aposentadoria

Aproveite para se inscrever no nosso canal.

Ficou com alguma dúvida? fale conosco através do whatsapp clicando na imagem abaixo, ou através do nosso formulário de contato clicando aqui:

Entrar em contato advogado

Abrir chat
1
Precisa de ajuda?
Se tiver qualquer dúvida estou por aqui!
Powered by

DEIXE DE SER ENGANADO. Receba

GRATUITAMENTE 

informações sobre seus direitos.