Advogado Previdenciário em Espírito Santo do Pinhal – São Paulo

Advogado Previdenciário em Espírito Santo do Pinhal – São Paulo

Muitas incertezas cercam a mente dos trabalhadores, dado o período de aposentar-se ou solicitar algum tipo de benefício previdenciário diante do INSS, as principais são em relação a solicitação, quais os requisitos, qual benefício deve ser pleiteado e se há obrigatoriedade de se conversar com um advogado.

Você pode ter ouvido diversos conhecidos, relatando as próprias experiências, dando conselhos e indicando profissionais e procedimentos, mas você realmente sabe como agir?

Existem dúvidas gerais de como são tomadas as decisões administrativas do INSS e como funcionam os processos judiciais, pensando isso criamos esse post para orientá-lo sobre esses e demais assuntos.

O que faz ao advogado previdenciário

Advogado, é o profissional liberal, formado em Direito, que tem carteira na Ordem dos Advogados do Brasil, que em decorrência disso tem autonomia para advogar, para o Direito Previdenciário o advogado pode atuar de maneira consultiva e remediativa, agindo antes, durante e depois do processo.

Os advogados são frente a Justiça os interesses de seus clientes,  seja dentro ou fora do processo, em aspecto Judicial e Administrativo. Esses profissionais são portanto, fundamentais para a boa administração da Justiça, pois garantem a defesa de direitos recusados, além de serem o fiel da balança diante às injustiças.Almejando apresentar uma defesa satisfatória dos seus representados, o advogado deve pesquisar o Direito e o caso específico e desenvolver um plano que possa ser provido.

A profissão por isso, registra grandes responsabilidades, cabendo do profissional alta dedicação aos estudos, já que seu trabalho responde diretamente pela garantia da Justiça e Democracia no Judiciário.

O advogado previdenciário nesse âmbito é responsável por protocolar e dar seguimento aos processos judiciais referentes a direitos e benefícios recusados pelo INSS, ele pode agir também em espectro administrativo, guiando e orientando o cliente antes mesmo da entrada Judicial, sobre o procedimento, benefícios e documentação.

Quando é necessário contratar um advogado

Existem oportunidades onde não é obrigatória a presença de um advogado. Normalmente quando tudo está feito, e existe segurança no solicitante, o mais indicado é que ele procure por conta própria o INSS (mesmo assim, consultar um advogado antes pode auxiliar para tirar dúvidas).

Além disso, pedidos de menor valor (até 20 salários mínimos), nos Juizados Especiais Cíveis, ou demandas que envolvam verbas rescisórias trabalhistas (também de diminuto valor), podem até mesmo ser solicitadas, sem a prática deste profissional.

Mas é importante ter noção, que mesmo nos processos onde não é uma obrigação, ser auxiliado de um especialista no assunto, que dialoga diariamente com esse tipo de situação, é uma possibilidade a mais, frente a uma Justiça que a cada vez mais impede o acesso aos benefícios.

Como contratar um profissional

Alguns pontos devem ser verificados antes de optar por um profissional. Verifique se o advogado é especializado em Previdência e Seguridade Social, verificando processos anteriores, pós-graduações e mestrados, além de demonstração prática de conhecimento do tema na hora do atendimento.

Também é relevante verificar se o advogado tem algo publicado em relação ao tema, muitos advogados tem sites próprios ou tem artigos e postagens publicadas em sites como o JusBrasil e outros indexadores, dessa maneira é possível descobrir se o mesmo já possui amplo conhecimento na área.

Procure perguntar se o profissional tem costume de atuar somente em esfera Judicial, ou se tem noção também dos padrões e do trato administrativo das solicitações pelo INSS.

Também é importante estudar os termos do contrato, os valores a títulos de honorários e como ocorrerão os pagamentos, tudo isso fica guardado nos documentos assinados por ambos como a procuração e o contrato de serviços advocatícios.

O trâmite processual

Esse profissional não é o único que lida com o caminhar do seu processo, existem diversas partes envolvidas ao qual esse andamento depende, como os atos dos servidores, da vara, do Juiz, do Ministério Público, e etc.

Mesmo um profissional, consideravelmente dedicado, não tem capacidade por si só, de dar andamento na sua demanda por sua única conta, por isso duvide de profissionais que prometem jeitinhos, ou atalhos para isso, não existem atalhos nesse meio.

A organização própria e o diálogo transparente com o profissional, são coisas que podem ajudar nesse trâmite, portanto tenha certeza de ter uma boa comunicação entre você e o advogado e como o mesmo atua nos processos.

Os honorários advocatícios

Todos os valores sobre honorários advocatícios são regulamentados pelo que dita a tabela da OAB, não se pode cobrar valores menores que o mínimo da tabela, ou maior que proporcionais ao valor que você recebeu em seu processo.

Para os processos previdenciários, normalmente existem valores de honorários advocatícios em decorrência o processo, e acima de retroativos (pagamentos atrasados que deveriam ter sido feitos ao cliente mas não foram).

O que foi afirmado acima, além de outros valores cabíveis, forma de recebimento e etc é apresentado em contrato, portanto é importante ler direito esse instrumento e de comum acordo junto com o advogado acertar esses detalhes.

Conclusão

Toda forma de suporte é importante, até quando não mandatória e o processo de organização e planejamento antes de entrar com qualquer pedido que seja, é uma das fases essenciais no pleito de benefícios Previdenciários, por isso ter um diálogo aberto com o especialista, fora contar com auxílio ou estar bem preparado, inclusive lendo estudos e relatos sobre o procedimento, podem ajudar na hora da solicitação.

Considerando tudo isso, é muito mais prático encontrar um advogado que registra um melhor trabalho, diante dos outros. Quem é verdadeiramente diferenciado cresce, recebe avaliações positivas é mais comentado, mantendo dessa forma uma melhor visibilidade frente a outros, considerando que a advocacia não é mais do velho, barriga no balcão e entrega de papel.

Ainda, a quantidade de pessoas e de regiões no Brasil é ampla, não é possível prestar atenção sem se dispor a dialogar com todas essas pessoas de maneira dedicada. Quanto mais oportunidades disponíveis, crescem as chances de haver provimento e melhoria no atendimento aos clientes.

Caso você queira assistir o vídeo do nosso canal explicando sobre aposentadoria clique na imagem abaixo:

aposentadoria

Aproveite para se inscrever no nosso canal.

Ficou com alguma dúvida? fale conosco através do whatsapp clicando na imagem abaixo, ou através do nosso formulário de contato clicando aqui:

Entrar em contato advogado

Abrir chat
1
Precisa de ajuda?
Se tiver qualquer dúvida estou por aqui!
Powered by

DEIXE DE SER ENGANADO. Receba

GRATUITAMENTE 

informações sobre seus direitos.