Vitorio Netto Advocacia | Marca
Benefícios para dependentes químicos

Os dependentes químicos possuem diversas características específicas que podem dificultar a relação com outras pessoas ou ambientes e até problemas de saúde mais graves.

Pensando nisso, você precisa saber se existem ou quais são os benefícios para dependentes químicos e entender como esse processo pode sim ser bastante doloroso.

Então, não perca essa informação que pode ajudar você ou alguém que esteja ao seu lado em um momento difícil.

Vamos lá?

Quem são os dependentes químicos?

Seja devido ao uso de drogas lícitas ou ilícitas (como álcool, drogas ou cigarro) a dependência é um assunto delicado que precisa ser discutido com cuidado. Os dependentes químicos são caracterizados por uma dependência que não envolve a falta de caráter, mas sim uma doença que se manifesta após o uso de drogas ou álcool de forma continua. Essa dependência química envolve alterações cognitivas, comportamentais e sintomas fisiológicos que trazem complicações para o paciente e família.

As causas são bastante amplas e podem envolver fatores genéticos (pré-disposição), sociais (grupos de interação) e ambientais (fácil aceso ou ideia de algo comum). A dependência também pode vir como um resultado de alguma perda (mortes, divórcio), sintomas depressivos ou outros problemas. Os dependentes químicos precisam contar com uma rede de informação concreta que permita o reconhecimento e controle da doença, já que não há uma cura.

Benefícios para o dependente químico

Agora que você sabe um pouco mais sobre o que é a dependência química e que não há uma cura, mas apenas o controle, existem informações importantes no que se refere aos benefícios que esses indivíduos podem ter.

Para começar, você precisa saber que existe um auxílio doença específico para dependentes químicos e que é oferecido pelo INSS. Nesse caso, o segurado que contribuiu com a previdência social e que precisa passar por tratamento médico para a dependência química, pode solicitar o auxílio doença para esse afastamento. Esse benefício é gerado já que muitos trabalhadores que passam a ter dependência química são os maiores provedores de sustento para uma casa e o tratamento supre essa distância do trabalho.

Para conseguir esse benefício, o segurado precisa passar por uma perícia para comprovar que não é capaz de exercer suas funções no trabalho e passar por constantes exames de evolução do tratamento e tenha 12 contribuições pagas. O trabalhador precisa estar afastado a 15 dias (intercalados ou corridos) e com um período de abstinência, para comprovar que o auxílio será usado para tratamento e não para o uso químico. Aperte aqui e leia nosso texto onde falamos tudo sobre o auxílio doença.

Todo esse processo acontece após o preenchimento de um requerimento pela internet e com a ida do trabalhador até uma das agências do INSS. Porém, esse benefício é direcionado para trabalhadores que não possam exercer as suas atividades, ou seja, durante o período de abstinência.

Assista nosso vídeo e saiba mais sobre auxílio doença para dependentes químicos:

Inscreva-se no nosso canal para continuar vendo vídeos como esse:

Auxilio doenca negado
Caso seu pedido de auxílio-doença tenha sido negado fale conosco

Existe ainda a opção do dependente químico em procurar ajuda através do Benefício de Prestação Continuada, ou BPC. Esse benefício é fornecido para aqueles que não tem carteira assinada nos últimos 13 meses, mas precisa de ajuda para conseguir fazer um tratamento.

O BPC é um benefício da assistência social que pode ser solicitado através de uma rede da sua cidade, para garantir que os seus direitos sejam preservados e que seja possível custear o tratamento, que geralmente é caro. Esse benefício conta com requisitos próprios, sendo necessária a comprovação de dificuldade em trabalhar ou fazer outras atividades e também que o indivíduo não tenha meios financeiros de se sustentar. Geralmente, o BPC pode ser direcionado diretamente para um cuidador qualificado do dependente químico, como forma de evitar que o auxílio seja gasto em drogas ou álcool.

De qualquer forma, o dependente químico e parentes precisam buscar ajuda na assistência social mais próxima para saber como dar entrada e se é possível receber o benefício. Em alguns locais do país, existem locais de tratamentos gratuitos, onde o dependente químico pode iniciar o tratamento através do Sistema Único de Saúde. Outra possibilidade é procurar programas sociais da sua cidade que façam a atuação junto com dependentes químicos.

Esses grupos conseguem formar um apoio mais amplo de pessoas que realmente entendem quais serão as dificuldades do processo de tratamento e qual a melhor forma de agir diante dessas dificuldades. Em qualquer um dos casos, a ideia central é sempre buscar as melhores opções de tratamento para o indivíduo em questão, respeitando o seu espaço e possiblidades, para isso o próprio paciente precisa entender a necessidade de iniciar um tratamento, ter uma rede social de apoio e entender como o tratamento vai acontecer.

Através dos benefícios, o dependente e a família podem ficar mais tranquilos e confortáveis diante de recaídas (que são comuns) e progressos lentos e rápidos, assim como as crises de abstinência. Vale lembra que a dependência química não tem cura, ou seja, o paciente vai precisa conviver e controlar essa dependência pelo restante de sua vida.

Assista aqui nosso vídeo onde explicamos como funciona o BPC/LOAS:

Aperte no ícone abaixo e inscreva-se no nosso canal para continuar se mantendo informado:

Conclusão

Agora que você já sabe tudo sobre a dependência química e sobre a necessidade d e buscar ajuda especializada no assunto, dá para entender porque tantos usuários acabam não conseguindo buscar formas de controlar o problema. Então, se você conhece ou é um indivíduo com dependência química converse com a sua família e amigos sobre a possibilidade de conseguir alguns dos benefício do INSS ou BPC para te ajudar nesse momento.

Caso não tenha seus pedidos admitidos administrativamente ou tenha dificuldade de realizar sozinho, o ideal é buscar ajuda de um advogado previdenciário para te auxiliar conseguir seu benefício mais rápido.

Nós trabalhamos defendendo o direito de pessoas que tem problemas com o INSS para conseguir a aposentadoria especial e outros benefícios e se você quiser ser acompanhado pela gente entre em contato conosco.

As informações foram úteis para você? Se sim, compartilhe este artigo nas suas redes sociais! Você pode ajudar muitas pessoas que precisam da informação.

E se você quiser continuar recebendo mais conteúdos como o nosso deixe seu e-mail abaixo que vamos te enviar informações sempre que tivermos novidades.

Um abraço e até o próximo post.

Inscrever
Notificar
2 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
LUIS CARLOS SOUZA DOS SANTOS
10 meses atrás

Sou dependendo químico, trabalhei por 18 !anos com carteira assinada.

Telefone com DDD
21969709319