Vitorio Netto Advocacia | Marca
Revisão de benefício e aumento do valor da aposentadoria

O que é revisão de benefício?

Você sabia que você pode estar recebendo muito menor do que você tem direito na sua aposentadoria do INSS? Muita gente não sabe, mas já estando aposentado está recebem um valor de benefício que poderia ser maior do que recebido. Vamos falar de revisão de benefício previdenciário para quem está aposentado por tempo de contribuição, então necessariamente sua aposentadoria tem que ser essa, se for de outro tipo como por idade à aposentadoria ou especial, essa revisão ela não vai servir.

Na aposentadoria por  tempo de contribuição se você for homem você tem que contribuir 35 anos cinco anos se for mulher 30 anos. Acontece que ela sofre uma redução, que é o fator previdenciário, ele geralmente é menor do que um (1), o que significa que esse valor vai ser multiplicado pelo seu benefício, e vai reduzir. Por exemplo, se você aposentar sem fator previdenciário e se o benefício for de 2 mil reais, com o fator previdenciário se ele foi de 0,8, significa que você vai receber 1.600 reais. Você está perdendo 400 reais.

Consulta advogado previdenciário
Consulta com advogado previdenciário

Fator Previdenciário

O fator previdenciário leva em consideração seu tempo de contribuição, ou seja, você pode trabalhar 35 anos pra aposentar mas pode ter trabalhado trabalhado 40, o que não impede que você contribua cinco anos a mais. Como também sua idade, se você está perto da sua expectativa de de vida, que hoje é aproximadamente 75 anos para homens, se você está mais perto disso, você vai vver menos, então é calculado para receber um benefício menor.

Então o fator previdenciário ele vai variando de acordo com sua expectativa de vida e, com seu tempo de contribuição. O que acontece pra aumentar esse benefício, é porque  aproxima de um (1) o fator previdenciário, para  quando ele multiplica pelo valor que você tinha que receber dará um resultado bem próximo daquele valor real.

Muitas pessoas trabalharam em certas profissões até a data 28 de abril de 1995, antes disso daqui a lei estipular algumas profissões tinham direito a receber o tempo especial como por exemplo o motorista de ônibus motorista, de caminhão, o eletricista, pedreiro de prédios na execução civil, essas pessoas tenham direito a contar mais tempo de contribuição. Quando a pessoa vai se aposentar o INSS aplica a lei de agora, que diz que a pessoa pra conseguir um tempo especial ela tem que apresentar um documento que chama PPP Perfil Profissiográfico Previdenciário, se a pessoa não apresente documento ela não vai contar com o tempo de contribuição só que a Lei após 1995 permitia.

Antes apenas a comprovação através de carteira assinada, por exemplo, ou contracheque, você comprovando que você exercia a lista de função que ela tinha direito à aposentadoria especial. Você vai pra justiça mostra, e propor ao juiz que como reconheça o tempo especial que você trabalhou nessas profissões até 1995, quando você vai ter mais tempo de trabalho se você tinha 35 por exemplo pode passar a ter 37 anos de contribuição se for homem.

Isso aqui aumenta dois anos o tempo de contribuição, conforme o exemplo, esses dois anos vão fazer diferença no fator previdenciário. Então vai aproximar o fator previdenciário, se você recebia R$1.500 e pode passar a receber R$1.700,00. Esse é um exemplo hipotético, mas o valor pode chegar a variar até 700 reais.

Veja nosso vídeo onde explicamos tudo sobre esse tema

Aproveite e inscreva-se no nosso canal

O que devo fazer para aumentar minha aposentadoria?

O ideal é procurar o advogado, para ele contar esse tempo e tentar aumentar esse fator previdenciário, aumentando seu benefício. Você vai ganhar mais, vai ganhar desde quando você se aposentou, então se tem quatro anos cinco anos que se aposentou, você vai  conseguir os últimos cinco anos imagina mês a mês consegui esse aumento.

Você só pode fazer isso se você aposentou nos últimos dez anos, porque a lei fala que você tem dez anos para pedir a revisão. Estamos em 2021, então você só pode revisar se você se aposentou a partir de 2011.

O advogado tem que entender direito previdenciário, tem saber como é que funciona, pra poder fazer essa revisão. Então se você está nessa situação, vai lá faz que eu falei no vídeo, peço a cópia do processo administrativo, é que o advogado analisar, que provavelmente vai ter direito à revisão.

Nós trabalhamos defendendo o direito de pessoas que tem problemas com o INSS para conseguir a aposentadoria ou outros benefícios e se você quiser ser acompanhado pela gente entre em contato conosco.

As informações foram úteis para você? Se sim, compartilhe este artigo nas suas redes sociais! Você pode ajudar muitas pessoas que precisam da informação.

E se você quiser continuar recebendo mais conteúdos como o nosso deixe seu e-mail abaixo que vamos te enviar informações sempre que tivermos novidades.

Um abraço e até o próximo post.

Inscrever
Notificar
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários